quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Como funciona a Cura Reconetiva à Distância?


Eric Pearl diz, no livro ''A Reconexão'':

«As frequências de Cura Reconetiva, não são constrangidas pelas Leis do espaço-tempo positivo. Pelo menos, em alguns níveis, são congruentes com os conceitos de espaço-tempo negativo. Trata-se de um sistema de referência completamente diferente. Um dos pilares fundamentais da Mecânica Quântica é que as forças na verdade, se tornam mais fortes com a distância. Trabalhar com alguém que não está fisicamente presente, dá-nos a oportunidade de ter a experiência deste fenómeno.
Será que as Frequências Reconetivas se movem a velocidades superiores à velocidade da Luz ? Muito provavelmente - dado que a tudo é Luz e a Luz é tudo. »

Pela minha própria experiência como terapeuta, em que efetuei inúmeras sessões de Cura Reconetiva à distância, as pessoas relataram-me coisas incríveis ! Cada experiência é sempre única ! Cada pessoa é única . Cada sessão é única. 

Tenho por hábito marcar estas sessões à distância, à noite, antes do deitar. Na maioria das vezes a pessoa adormece e, as Frequências continuam o trabalho pela noite fora , sem a interferência da mente lógica que, muitas vezes atrapalha  ao querer controlar a ''cura'' ou querer compreender o que se está a passar. Eventualmente , o trabalho destas Frequências continuará nos dias seguintes. Também não se fazem mais de 3 sessões. Conforme diz Eric Pearl, por vezes basta uma ou um breve momento de contato com estas Frequências. Acontecerá sempre a ''cura'' que a Inteligência do Universo entende que a pessoa precisa naquele momento, na sua vida ! Pode não ser aquela que pensa que precisa ! Funciona da mesma forma que uma sessão presencial!

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Quando a cura não acontece ...

«O problema não está na cura mas na expectativa.
Costumava dizer que nem todos são curados. Já não acredito nisso. 
Agora acredito que todos recebem uma cura - embora, não necessáriamente a que esperavam. reconhecendo que, ''curar'' significa reconectar com a perfeição do universo, compreendemos que o universo sabe o que precisamos de receber e o que iremos ganhar em resultado disso. 
A questão é: aquilo que precisamos, pode nem sempre corresponder ao que esperamos ou pensamos necessitar. Não é a doença ou a enfermidade que se cura . É a pessoa.

Quando alguém atravessa para o ''outro lado'', não quer dizer que não tenha recebido uma cura. A sua cura, pode, muito bem ter sido a facilidade com que lhes permitiram fazer a sua transição, a paz que receberam através da sua visita para aceitar e deixar partir  - e aquela hipótese de sorrir e dizer ''amo-te'' a alguém que precisava de o ouvir - uma última vez»
Eric Pearl, em ''A Reconexão - Cure os outros, cure-se a si mesmo''